Oportunidade: quando o juro desce, o imóvel sobe

Veja se esse é o momento de investir*

 

Fala Investidor,

você viu que o juro básico da nossa economia, a taxa Selic, caiu vertiginosamente ao longo do último ano?

Deixando o economês de lado, você sabe o que isso pode significar para os seus investimentos imobiliários?

Estamos vivendo um momento único para nos posicionarmos investindo em imóveis e, com isso, aproveitarmos o que pode ser um dos ciclos de prosperidade mais fortes do nosso mercado imobiliário.

E você sabe por quê? Porque os imóveis e a taxa de juro andam de gangorra juntinhos, como dois velhos bons amigos de infância.

Você já deve ter brincado disso quando era criança e, durante os últimos dois anos, a Selic ficou de castigo, lá em cima, e o mercado imobiliário com os pés enterrados na areia, esperando sua vez de subir.

Como na brincadeira, quando um desce, o outro sobe, e vice-versa, assim que funciona a relação entre estes dois mercados.

E por quê funciona assim? Justamente, porque quando o juro está alto, diminui a quantidade de pessoas que conseguem adquirir um imóvel com financiamento.

Um comprador que teria um financiamento de cerca de R$ 430 mil a uma parcela de R$ 3.500 passou a ter o mesmo financiamento com uma parcela acima dos R$ 5 mil. Desta forma, com uma parcela consideravelmente mais alta, muitos compradores em potencial são automaticamente excluídos do mercado.

O momento que vivemos é especial, pois ainda estamos sob os efeitos da crise que atormentou o país nos últimos anos, uma ressaca da pior recessão da história do nosso país. Como ainda estamos sob os efeitos dessa “ressaca”, temos aberta a melhor janela de oportunidade desde 1986, quando o principal banco de crédito imobiliário faliu, o BNH, e fomos inundados com uma liquidação de imóveis.

O momento que vivemos é especial, pois ainda estamos sob os efeitos da crise que atormentou o país nos últimos anos

Neste momento, conseguimos encontrar excelentes descontos em incorporadoras que estão com muitas unidades em estoque, mas aviso, esta festa não vai durar muito tempo, pois o mercado de crédito está muito mais maduro do que em 1986.

Quem quiser aproveitar a retomada da economia brasileira, que deve ser forte ao que tudo indica, deve se posicionar logo, antes que esta janela feche.

Você pode fazer isso de diversas formas, como, por exemplo, bater na porta de uma construtora e adquirir o seu imóvel com um bom desconto.

A má notícia é que nem sempre compradores isolados conseguem grandes descontos em uma aquisição simples.

A boa notícia é que alguns investidores em todo o Brasil tem se organizado em grupos para aumentar seu poder de barganha negociando em conjunto a compra de imóveis e você pode procurar um grupo de investidores para se unir.

Acredito tanto nessa sugestão que, por aqui, nós também estamos nos organizando com um grupo de investidores com o que chamamos perfil Insider Imobiliário, onde estamos conseguindo negociar alguns imóveis com até 30% de desconto, o que nos deixa muito satisfeitos com o potencial de retorno que vislumbramos neste tipo de operação.

Se você quiser saber se tem este perfil e aproveitar para mandar uma pergunta para mim, faça o teste.

*texto publicado originalmente em https://revista.zapimoveis.com.br/oportunidade-quando-o-juro-desce-o-imovel-sobe/ e atualizado para este blog.

Rafael Severo – colunista, inovador, empreendedor em série e um apaixonado em impactar vidas através da educação financeira.